Atualmente, é preciso atingir o público-alvo de cada negócio por meios digitais. Não é diferente em bares e restaurantes, e uma boa opção para esse ramo é participar de um marketplace.

Claro, existem diversas maneiras de utilizar a tecnologia para melhorar seu negócio. Por exemplo, é possível introduzir cardápios digitais, que reduzem o custo com papel.

Também existem soluções para reservas de mesa, que o cliente pode fazer direto de casa. Seu restaurante também pode introduzir comandas digitais, para que os consumidores façam todo o procedimento – do pedido ao pagamento – pelo smartphone. Isso tudo além do delivery, cashback, entre outros.

A função do marketplace

marketplace tem um benefício único com relação às outras alternativas: ele coloca seu restaurante no mapa, como mais uma opção que os clientes podem escolher quando abrem um app ou site.

Alguns podem pensar que não é vantajoso aparecer em meio a tantos restaurantes diferentes, mas a questão é: os marketplaces têm se tornado uma preferência de muitas pessoas.

Então, se o seu estabelecimento não estiver em nenhum, ele não será uma opção para esse uma grande parcela do público, e você perde essas vendas.

O maior exemplo de marketplace atualmente é o iFood, que, além dessa função, também atua como delivery online. Entretanto, por ser tão popular, ele cobra uma taxa que pode ser salgada para alguns estabelecimentos.

Por isso, é preciso levar em conta o quão grande será o aumento das vendas ocasionadas pelo app. Geralmente, esse crescimento compensa a fatia cobrada pelos grandes marketplaces.

Além disso, você também deve avaliar se a sua cozinha está preparada para o aumento de produção, que será inevitável. Se não estiver, seu restaurante não vai dar conta do crescimento, e isso pode causar diversos problemas.

Outros aplicativos, como o isyBuy, possuem uma participação mais interessante para os restaurantes. E, além de também ter a opção delivery, permite o order ahead, comanda digital, entre outros benefícios.

Marketplace vs app próprio

Alguns restaurantes optam por desenvolver um aplicativo próprio, que tem outras vantagens, mas nem sempre é a melhor opção.

Isso porque apps próprios têm um custo elevado para serem desenvolvidos e atualizados, sendo necessário contratar uma equipe de TI.

Além disso, eles são mais vantajosos para restaurantes muito populares ou grandes redes, visto que a grande maioria das pessoas não vai baixar um app para cada lugar que frequenta.

É claro que existem casos onde ter um app próprio para seu restaurante faz sentido. Entretanto, ele só tem o resultado ideal se o público fiel de seu estabelecimento for relativamente grande.

Então, se sua estratégia não estiver muito bem planejada em volta de um app próprio, a melhor opção, na grande maioria das vezes, é o marketplace. Eles têm custos mais acessíveis e, apesar de trazer benefícios diferentes, são extremamente vantajosos para qualquer restaurante.

Quer saber mais sobre o marketplace do isyBuy? Além de ser mais barato, ele possui diversas funções que podem impulsionar as vendas de seu restaurante, além de melhorar a experiência do cliente no seu estabelecimento.

Clique aqui e saiba mais sobre o isyBuy.

Gabriel, fundador do isyBuy, apaixonado por boa comida, cerveja e tecnologia. Cansado das filas resolveu criar uma soluçao para trazer agilidade na hora de pedir mais um drink e pagar a “dolorosa"